Conjuntivite e irritação nos olhos se tornam propícios nas férias

Postado em: 02/02/2018 ás 3:35 PM / Categorias: Notícias / Nenhum Comentário /

A alternância entre chuva e sol pode contribuir para a proliferação de problemas visuais

Depois de muito estudo e trabalho, nada melhor do que curtir as férias e aproveitar o sol, mar e piscina seja para se divertir ou descansar. Com o período chuvoso no Piauí que mescla dias de sol intenso e chuvas frequentes, ambas as ocasiões se tornam favoráveis para o aumento e disseminação de doenças virais, como a conjuntivite.

Diante desse cenário, os pais devem cuidar e ficar atentos à saúde dos filhos em ambientes como piscina e mar. Brincar na areia e mergulhar na água pode ser muito gostoso e divertido, mas também pode irritar os olhos e causar inflamações.

A orientação da oftalmologista do Hospital de Olhos Francisco Vilar, Dra. Paula Leal, é usar óculos escuros com proteção contra raios solares, além de colírios lubrificantes. “Os olhos são bastante sensíveis e precisa-se ter bastante cuidado. Óculos escuros, com proteção contra raios solares, são fundamentais para os dias de sol intenso e um colírio lubrificante pode ajudar depois de muitos mergulhos”, reforça a especialista.

Dra. Paula Leal ressalta os cuidados com a saúde ocular durante as férias.

Mas nem só de sol e mar se fazem as férias e com o início das temporadas das chuvas também podem aparecer problemas de visão, como a conjuntivite. “A conjuntiva é uma membrana transparente que recobre o globo ocular e a parte interna da pálpebra. Ela pode sofrer reações alérgicas, inflamações e infecções, causando ardência, secreção, olhos avermelhados, inchados e muito incômodo”, explica a médica.

O tempo chuvoso aumenta a frequência de conjuntivite alérgica e algumas dicas podem ajudar a evitar o problema. “É preciso ter muito cuidado em locais com grande concentração de pessoas, lavar as mãos e o rosto com frequência, evitar coçar os olhos, o compartilhamento de lençóis, óculos, toalhas e outros produtos pessoais”.

Viral, bacteriana ou alérgica, a conjuntivite causa bastante incômodo e pode ser evitada com cuidados primários e tratada com a ajuda de um oftalmologista. “Prevenir é o melhor remédio, mas se ainda assim acontecer algum problema, o acompanhamento do oftalmologista é fundamental”, finaliza a especialista.

Comments are closed.