Dia Mundial da Visão relembra dos cuidados com a saúde ocular

Postado em: 12/10/2017 ás 10:03 AM / Categorias: Notícias / Nenhum Comentário /

No dia 12 de outubro de 2017 comemora-se o Dia Mundial da Visão,  sempre celebrado na segunda quinta-feira de outubro, a data serve de alerta para os cuidados que se deve ter com os olhos. A campanha federal intitulada Programa Visão 2020: O Direito à Visão é uma das iniciativas relacionadas a data e tem como objetivo eliminar a cegueira evitável em todo o mundo até o ano de 2020. Isso porque segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 80% dos casos de cegueira poderiam ser evitadas.

Para o oftalmologista Eduardo Cruz, campanhas como a do Dia da Visão são importantes para a população se conscientizar da importância de ir em consultas periódicas. “É importante visitar o oftalmologista, pois muitas vezes as doenças relacionadas à visão não apresentam sintomas e quando são descobertas elas já estão em um estado crítico e de difícil regressão”, comenta.

Segundo o oftalmologista outra questão importante e que se deve ter atenção é o Teste do Olhinho, exame realizado nos primeiros dias de vida dos bebês. “Esse teste é realizado em um quarto escuro, e um feixe de luz é emitido pelo aparelho chamado oftalmoscópio, que reflete até a retina, quando não há nenhum problema. Esse teste pode detectar Catarata Congênita, Glaucoma Congênito, Retinopatia da Prematuridade, Retinoblastoma. Que são doenças mais comuns em crianças”, conta o médico.

Dados divulgados pela OMS destacam ainda, que a doença mais comum na causa da cegueira é o Glaucoma, caracterizada pelo aumento da pressão intraocular, que leva a uma atrofia progressiva do nervo ótico, se não controlada; e compromete o campo de visão do paciente. De acordo com o especialista Eduardo Cruz, a doença pode ser tratada se constatada prematuramente. “Existe vários tratamentos para o Glaucoma, tanto com medicamentos como por meio de laser e cirurgias até de implante de válvulas na região afetada. Porém, é importante ressaltar que isso só é possível se for detectada prematuramente”, finaliza o médico.

Comments are closed.