HOFV é o primeiro hospital do Piauí a gerar energia solar

Postado em: 09/03/2018 ás 8:26 AM / Categorias: Notícias / Nenhum Comentário /

A fonte renovável visa preservar o meio ambiente e vai de encontro a responsabilidade social da empresa

A busca por soluções para amenizar o impacto da poluição no meio ambiente vem sendo a escolha de muitas empresas. Com esse intuito, o Hospital de Olhos Francisco Vilar instalou 504 painéis solares que serão responsáveis por fornecer mais de 70% da energia consumida no hospital.

Os painéis solares geram energia elétrica a partir do sol e de forma muito simples, sem produzir resíduos tóxicos e necessidade de manutenção recorrente. O responsável pela área de responsabilidade sócio ambiental do Hospital Francisco Vilar, Eudes Junio, conta que com os painéis deixarão de ser emitidos no meio ambiente cerca de 69 toneladas de CO2, mensais.

“A visão do Dr. Vilar e da Dra. Raquel Vilar é maravilhosa, pois precisamos mudar para preservar o meio ambiente. Atualmente a matriz energética brasileira está deficitária e todas as termoelétricas do Brasil estão ligadas a todo vapor. Por isso, é queimado um carvão mineral que emite muito CO2”, explica Eudes Junio.

O projeto de instalação dos painéis solares teve início há dois anos e o processo de execução da instalação durou apenas cinco dias. O diretor da empresa NE Soluções, Túlio França, que foi um dos responsáveis por fazer a instalação do material no Hospital comenta que todos esses painéis estão gerando energia tanto para a matriz do hospital no Centro, como para a filial no bairro Jóquei. “A energia gerada pode ser usada em qualquer equipamento. E a produção será de quase 23 mil KWh/mês, ou seja, o uso da energia solar será de 100% na filial do Jóquei, 100% no estacionamento e 21% na matriz do hospital”, afirma.

Túlio acrescenta que as placas representam uma grande economia para quem investe. “A economia que as placas irão gerar será de aproximadamente 55% no horário de ponta, que consiste no período entre 17:30h e 20:30h. Já o retorno do investimento  acontece em até cinco anos, o que consideramos um curto prazo”, destaca.

A consciência ainda continua sendo a principal forma de combater a poluição. Para Eudes Junio, atualmente as pessoas entendem a importância da preservação da natureza. “Hoje em dia as pessoas já sabem o que é energia solar. Além disso, os equipamentos são bem mais simples do que se usava há nove anos. O Hospital Francisco Vilar estar de parabéns por ser o primeiro hospital do Piauí a investir nessa tecnologia e um dos poucos do Nordeste”, finaliza.

Comments are closed.