Obesidade e estresse podem desencadear glaucoma

Postado em: 20/10/2015 ás 2:00 PM / Categorias: Notícias / Nenhum Comentário /

Com o aumento gradativo da população obesa no mundo, muito se tem falado sobre como esse problema prejudica a saúde e gera problemas respiratórios, cardiovasculares, ortopédicos e neurológicos, no entanto, o que poucos sabem é que o sobrepeso pode influenciar também, na pressão intraocular e ocasionar o glaucoma, a principal causa de cegueira irreversível no mundo.

Uma explicação encontrada pelos especialistas relaciona o sobrepeso a aspectos vasculares, em que a obesidade e as doenças ocasionadas pela mesma, diminuem o fluxo sanguíneo para o nervo óptico, causando lesão do mesmo. “O aumento da pressão intraocular é um fator de risco para o glaucoma, mas não causa necessariamente a doença”, explicou o especialista Daniel Amorim. E acrescenta, “Um dos principais problemas do glaucoma é que ele pode progredir sem sintomas e por isso é imprescindível o acompanhamento oftalmológico periódico”, disse o médico.

Dr. Daniel Amorim

O especialista do HOFV, Daniel Amorim alerta que um dos principais problemas do glaucoma é que ele pode progredir sem sintomas e por isso é imprescindível o acompanhamento oftalmológico periódico

Outro fator cada vez mais comum no cotidiano que também pode desencadear glaucoma é o estresse. “Altos níveis de estresse podem dilatar a pupila e resultar no bloqueio pupilar, resultando dessa forma no aumento súbito da pressão intraocular em determinado grupo de indivíduos”, ponderou. Este seria um tipo especial de glaucoma, denominado glaucoma agudo; um problema mais grave, pois ao contrário do glaucoma crônico não apresenta sintomas evidentes.

A visita ao oftalmologista pelo menos uma vez ao ano e a prática de atividades físicas como caminhada e natação contribuem para a prevenção da pressão intraocular e consequentemente o glaucoma.

Comments are closed.