Palestra sobre educação financeira orienta colaboradores a pouparem dinheiro

Postado em: 17/01/2017 ás 9:24 AM / Categorias: Notícias / Nenhum Comentário /

Metodologia DSOP foi apresentada aos colaboradores do HOFV

Nos últimos anos, a crise econômica atingiu milhares de famílias brasileiras. De acordo com Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), mais de 50% das famílias brasileiras estão endividadas.

A partir desta realidade, o Hospital de Olhos Francisco Vilar, por meio do Núcleo de Educação Permanente (NEP) organizou palestra sobre educação financeira para orientar e dar dicas aos colaboradores sobre controle de gastos, economia de dinheiro e realização de sonhos.

Para orientá-los sobre o tema, a educadora financeira, life e business coach, Marielle Baia, foi convidada para ministrar a palestra Intitulada “Educação financeira: como equilibrar as contas e realizar os sonhos”. A metodologia DSOP, que se baseia em quatro pilares: diagnosticar, sonhar, realizar e poupar foi apresentado aos colaboradores.

HOFV DOSP 201701

“Atualmente, vivemos em um momento de crise, onde as pessoas declaram que o dinheiro não dar. Onde as pessoas não dignificam seu trabalho, porque acham que ganham pouco ou porque não sabem lidar com este dinheiro”, afirmou a educadora. De acordo com Marielle, a técnica DSOP tem o objetivo de contradizer tais pensamentos e ensinar as pessoas a respeitarem o dinheiro e alcançarem seus objetivos.

“Por meio desta técnica, ensinamos as pessoas a terem educação financeira de uma forma simples. Elas aprendem a respeitar e verem o dinheiro como algo que realiza sonhos. Em relação a nível de empresa, a técnica ensina que somos em casa, também somos dentro da empresa. Ou seja, se eu sou uma colaboradora que cuido das minhas finanças pessoas, logo também cuidarei das coisas da empresa onde atuo”, explicou.

HOFV DOSP 201705

Com base nas orientações da educadora, o auxiliar administrativo André Lima afirmou que irá aplicar as dicas para comprar um carro novo. “Irei economizar ainda mais. Pois tenho vontade de comprar muitas coisas, principalmente um carro novo”, declarou. Já a colaboradora Ismaiara Meneses, afirmou que antes era compulsiva por compras, mas que por orientação do seu marido decidiu reduzir os gastos em casa. “Nós viajávamos muito, quando não tínhamos filhos. Porém quando resolvemos que iríamos casar e ter filhos, decidimos nos planejar. Ele sempre foi econômico, enquanto eu gostava de gastar mais do que ganhava. Então por volta de uns dois anos, ele tem me ensinado a poupar dinheiro. Antes, eu achava que nunca era possível guardar dinheiro. Hoje ele faz eu guardar mais de 50% do meu salário para objetivos”, declarou a colaboradora.

Ismaiara argumentou que não usa cartões para compras e que prefere comprar à vista. “Hoje é incrível como gasto pouco. Não fazemos uso de cartões para compras. Nesse tempo de economia, meu marido tinha um moto. Hoje, já compramos um carro. Compramos uma casa e já estamos investindo em outra. Temos também uma filha de dois anos e já estamos a ensinando a economizar. E assim até o nosso casamento é diferente. Não temos crises ou briga. Ou seja, poupar dinheiro faz a diferença”, finalizou a colaboradora.

A palestra Educação financeira foi a primeira atividade do Núcleo de Educação Permanente este ano. O NEP realiza periodicamente ações de capacitação e profissionalização voltada para os colaboradores e corpo clínico do hospital.

 

Comments are closed.