Recreação e atividades lúdicas para crianças são desenvolvidas no HOFV

Postado em: 23/01/2017 ás 3:31 PM / Categorias: Notícias / Nenhum Comentário /

O Hospital de Olhos Francisco Vilar em parceria com a Faculdade Maurício de Nassau está promovendo no Espaço Infantil das unidades Centro e Jóquei, atividades recreativas como danças, pinturas e leituras de obras infantis.

Acadêmicas do curso de Pedagogia da Faculdade acompanham as atividades, que são desenvolvidas para as crianças que aguardam atendimento nas unidades. Segundo a acadêmica Gleciane Silva, as recreações duram em torno de quatro horas por dia. “A proposta é oferecer um momento de diversão e de educação. Mesmo que a espera no atendimento seja baixa, as crianças costumam ficar muito cansadas, por isso que promovemos essas atividades mais educativas para que elas se distraiam e aproveitem melhor esse espaço”, disse a estudante.

HOFV Recreação Inrfantil 003  HOFV Recreação Inrfantil 006

E acrescenta: “O bicho papão para eles é o colírio, então a partir do momento que propomos essas atividades, temos o propósito de movimentá-los e entretê-los. E fazer com  que eles saiam daqui alegres e satisfeitos”, afirmou Gleciane.

Para Felipe Sousa Neto, de nove anos, o Espaço é muito divertido. “Estou achando a atividade muito boa. Fazia muito tempo que não brincava de massinha e hoje eu fiz um vulcão”, contou o menino.  Já Maria Eduarda, oito anos de idade, que estuda a 4ª série do Ensino Fundamental, afirmou que gostou muitas das atividades propostas. “Gostei de tudo”, declarou.

HOFV Recreação Inrfantil 001

Satisfeita com as atividades, devido principalmente aos elogios dos pais, a coordenadora da Unidade Jóquei, Vanessa Maria de Sousa, afirmou que as atividades iniciaram este ano. “Antes não tínhamos essas atividades, então o setor de Recursos Humanos do hospital buscou uma parceria com a Faculdade Maurício de Nassau, com o intuito de aproveitar melhor o Espaço Infantil. E essas ações têm repercutido bastante, porque os pais têm adorado e elogiado bastante. Para as crianças não têm mais aquela espera de ordem de chegada. Hoje, elas têm uma espera mais agradável”, concluiu.

Comments are closed.