Lesões na córnea: como identificar e tratar

Postado em: 14/03/2018 ás 4:00 PM / Categorias: Notícias / Nenhum Comentário /

O tratamento pode ser realizado em casa sob orientação do oftalmologista

O arranhão na córnea é mais recorrente do que se pensa. O problema pode surgir por algum desconforto embaixo da pálpebra como: sujeira, poeira, areia ou até cílios. O incômodo pode evoluir para dor intensa e forte vermelhidão nos olhos.

A oftalmologista Amanda Paz, explica que a córnea é a membrana transparente que protege os olhos e caso haja o arranhão terá um processo de lacrimejamento, dor, vermelhidão, espasmos na pálpebra, sensibilidade à luz, visão embaçada ou a sensação de que há algo no olho. “Se houver algum corpo estranho no olho e se for pequeno, ele poderá ser retirado utilizando bastante água limpa. Porém, se os sintomas persistirem é importante procurar a ajuda de um oftalmologista”, recomenda a médica.

Dra. Amanda Paz explica como tratar um arranhão na córnea

E acrescenta: “A córnea se regenera muito rápido, em 48h ela poderá estar recuperada e os sintomas desaparecidos totalmente. O tratamento para o arranhão da córnea é simples e pode ser feito em casa com: uso de compressa gelada, colírios lubrificantes e proteção na região dos olhos”, diz a oftalmologista.

Contudo, para evitar complicações até chegar ao médico, deve-se evitar esfregar ou coçar o olho e não tentar remover o corpo estranho, principalmente utilizando as unhas, cotonete ou pinça. “Só o oftalmologista pode realizar um exame mais específico, detectar a gravidade e o tratamento indicado. Nos casos mais sérios, pode ser necessário uma cirurgia para remover o corpo estranho do olho”, finaliza.

Comments are closed.